Monday, July 24, 2017

Base Pizza Crocante

Realmente bons ingredientes fazem toda a diferença numa receita, mas os utensílios que utilizamos também são muito importantes e hoje pude comprovar, isso mesmo, uma vez mais.
Há já algum tempo que ando, lentamente, a substituir as minhas forma, panelas, frigideiras etc etc, por outras de materiais não tóxicos. Dei prioridade às "loiças e tachos" do baby, mas agora a pouco e pouco tenho indo trocando o que posso.
Neste caso nem foi troca, eu antes fazia a pizza no tabuleiro do forno e usava uma folha de papel vegetal, tive para comprar uma forma anti-aderente especial para pizzas mas ainda bem que não o fiz, caso contrário, agora, também estaria na minha lista de "utensílios de cozinha a substituir".
Descobri a Sweet Selection uma loja online fantástica,  com formas e outros produtos de marcas excelentes como a NordicWare e a Lékué, e a forma para pizzas extra crocantes deles é Maravilhosa! Ainda duvidei, mas mal cortei a primeira fatia, rendi-me 😍 A base que faço já era fofa por dentro e crocante por fora, mas desta vez ficou ainda melhor, nada atrás das bases de pizza com glúten :) até o baby gostou ❤






Ingredientes:

NOTA: não fica a saber a coco

1 chávena de polvilho doce
1/3 de chávena de polvilho azedo
1 chávena de resíduo de coco (o que sobra após fazermos Leite de coco)
3 colheres de sopa de azeite
1 chávena de água quente
1 colher de chá de fermento para bolo sem gluten
2 colheres de sopa de farinha de mandioca
Sal e alho em pó a gosto

Preparação:

Misturar os ingredientes todos até obter uma massa fácil de moldar (pode ter que ajustar quantidade de água)

Estender a massa (pode fazê-lo directamente na forma ou tabuleiro)

Levar ao forno 15min a 200o. (Caso não tenha esta forma vire a base com a parte de baixo para cima antes de colocar os outros ingredientes)

Coloque os ingredientes por cima e leve mais 15/20 min ao forno a 200o e está pronta :)

A forma que usei:




Friday, July 21, 2017

Tarte de Ameixa

Este ano ofereceram-me tannnnntas ameixas que parecia que quanto mais comíamos mais ameixas tínhamos em casa lol  Esta semana, reparei que tinha umas a ficarem demasiado maduras e resolvi fazer uma tarte de ameixa. Nunca tinha feito e não sabia bem se a ideia que tinha em mente iria resultar, mas foi aprovada pelo membros cá de casa :)
Não adicionei qualquer tipo de açucares porque as ameixas maduras já são bastante doces, de qualquer forma caso achem necessário podem juntar tâmaras, mel ou açúcar de coco para a deixar mais adocicada.



Ingredientes:

Base:

100 grs de farinha de coco
80 grs de farinha de amêndoa
50 grs de fubá de mandioca ou teff
90 grs de banha de porco preto ou óleo de coco (caso usem lacticínios podem usar manteiga)
1 ovo
pitada de sal

Recheio:

650 grs de ameixas bem maduras (sem caroço )
180 grs de leite de coco ( usar a parte mais espessa da lata) usei da Origens Bio
2 ovos
1 colher de sopa de canela em pó (ou a gosto)
1 colher de sopa de vinho do porto (opcional)
1 colher de chá de fermento sem glúten
pitada de sal
amêndoa palitada para decorar

( podem adoçar com tâmaras, mel, xylitol ou açúcar de coco por exemplo)



Preparação:

Base:

Misture bem as farinhas e junte a banha de porco, amasse muito bem. Junte o ovo batido e amasse ate obter uma massa maleável. Estenda a massa e forre a tarteira.
Caso não consiga estender a massa, forre a tarteira com bocados de massa, vá esticando com os dedos e tentando criar uma base uniforme ( utilize água ou azeite nos dedos para facilitar a tarefa).
Leve ao forno a 180º cerca de 15min.
Retire do forno e reserve.

Recheio:

Triture todos os ingredientes ate obter uma mistura homogênea, verta sobre a base da tarte e decore com amêndoa palitada ( ou outro tipo de frutos secos da sua preferência )
Leve a tarte ao forno, a 180º cerca de 35/40 minutos ( tempo pode variar conforme o tipo de forno e material da tarteira)

Friday, July 14, 2017

Torta de Cacau e Alfarroba

Há dias apercebi-me que no natal passado deixei imensas receitas por partilhar, apenas coloquei as fotos na página do facebook e no Instagram... mas receita nickles 😝
Foram dias complicados, quis fazer a ceia de natal totalmente paleo (fora o pão que alguns convidados trouxeram para comer 😒😂) e andei atolada em tachos durante dois dias! Curiosamente foi o primeiro ano em que depois do natal e ano novo, não só não tinha engordado com até tinha perdido 1kg 😁

Na verdade esta torta foi inspirada na minhas Panquecas de Alfarroba e Cacau  :p



Ingredientes:

6 ovos médios
6 colheres de sopa de farinha de alfarroba
250ml de leite de amêndoa
10 colheres de sopa de farinha de amêndoa
2 colheres de sopa de polvilho doce
4 colheres de sopa de cacau puro (Usei da Iswari- para 10% desconto em compras online usem o código: MPALEO)
2 colheres de sopa de óleo de coco (usei da Origens Bio)
fermento sem glúten

opcional : 4 tâmaras, ou açúcar de coco ou mel

Preparação:

Bata as claras em castelo e reserve.
Misture todos os ingredientes até obter uma massa homogênea.
Adicione as claras e envolva lentamente sem as quebrar.
Utilize uma forma de silicone própria para tortas ou forre um tabuleiro com papel vegetal. Despeje o preparado na forma e deixe cozer cerca de 25min a 180o.
Eu fiz 3 tortas mais pequenas com o preparado. (cada serve 2 pessoas)
O recheio... lamento desiludir-vos mas são simplesmente Framboesas transformadas em puré, acho que o sabor natural das Framboesas contrasta muito bem com o cacau e alfarroba. Mas podem fazer uma compota de framboesa :)
Caso consumam lacticínios também fica muito bem com uma mistura de mascarpone e frutos secos picados e ligeiramente torrados e/ou ou fruta fresca picada. Ou podem trocar o mascarpone por natas de coco :)


Ver também: Delicia Algarvia  e Muffins de Alfarroba ou Cacau e Bolo Fofo de Cacau e Alfarroba

Thursday, July 13, 2017

Courgette Recheada

No verão, tenho sempre imensos courgettes biológicos cá em casa, costumo saltear, grelhar, fazer salada, sopa, etc mas nunca tinha feito recheados e hoje lembrei-me que talvez fosse uma alternativa gira e apetitosa 😁

Ficaram muiiito boas, o exterior ligeiramente al-dente a contrastar com o recheio tenro e a "capa" de "queijo" de amêndoa gratinado por cima.

A carne do Solar da Giesteira é de facto maravilhosa, muito suculenta e tenra. Torna qq prato Ainda melhor ( não só pelo sabor mas acima de tudo pela qualidade )

Vou sem dúvida voltar a fazer, até o baby gostou ❤



Ingredientes:

2 courgettes médias
Cerca de 300grs de carne picada ( usei do Solar da Giesteira )
4 cogumelos médios picados
1/4 de uma cebola pequena picada
1 cenoura pequena cozida al dente e picada
1/2 tomate picado e escorrido
1 dente de alho picado
1 ovo
Sal e pimenta
1 colher de chá de farinha de mandioca ou de amêndoa
"Queijo" de amêndoa (usei da Yogan) - ou queijo ralado caso usem lacticínios
Sementes de sésamo

(Opcional: cá em casa é raro usarmos enchidos ou carnes frias mas acredito que deve ficar muito bom com um pouco de bacon picado e/ou chouriça)

Claro que podem trocar estes vegetais e meter outros da vossa preferência :)





Preparação:

Tempere a carne com sal e pimenta junte o alho e deixe repousar uns minutos.
Corte a courgette ao meio e retire o interior (remova sementes e pique a polpa para juntar também à carne)
Pique os vegetais (usei a V3 da Borner). Envolva todos vegetais, a farinha e o ovo batido na carne.
Com o preparado recheei os courgettes, polvilhe com "queijo" e oregãos.
Coloque um fio de azeite num pirex e os courgettes por cima (se tombarem dê um pequeno corte na horizontal na casca p ficar com uma base plana)
Leve a forno pré-aquecido a 200o cerca de 20 min e no final meta a gratinar 5 minutos (tempo pode variar conforme o tamanho da courgette)

Sugestão: Acompanhe com salada e/ou "Arroz" de Couve-flor




Wednesday, July 12, 2017

Muffins de Cenoura

Sim, outra vez muffins lol Estes já tinha feito há algum tempo, mas esqueci-me completamente a partilhar. Então ontem repliquei a receita, sem chocolate para o baby e com chocolate para os crescidos.
Estes são super simples, sem farinhas "estranhas" lol e podem ser uma opção gira para os lanches dos mais pequenos



Ingredientes:

60 grs de cenoura crua (também podem usar cozida MUITO bem escorrida) em rodelas
3 ovos médios
3 tâmaras ( se a cenoura for muito doce metam apenas 2 tâmaras)
1 colher de chá de óleo de coco (usei da marca Origens Bio)
20grs de farinha de amêndoa
20grs de coco ralado
1/2 colher de chá de fermento para bolos sem glúten
Canela a gosto

opcional: juntar nozes e/ou amêndoas moídas

Cobertura de chocolate:
1 colher de sopa de leite de coco (usei da marca Origens Bio)
3 quadrados de chocolate 92% cacau ( usei da Vivani)
1 colher de chá de óleo de coco (usei da marca Origens Bio)



Preparação:

Colocar todos os ingredientes num blender e bater até obter uma mistura homogénea (podem utilizar a varinha mágica - foi como eu fiz). Juntar os frutos secos picados e envolver bem.

Untar as formas de silicone (se necessário), verter a massa e levar a forno pré-aquecido a 180º cerca de 15min ( tempo pode variar de acordo com o tipo de material das formas e tamanho dado aos muffins)


Ver também: Muffins de Laranja , Muffins de Coco e Banana e Muffins de Noz e Tarte de Cenoura e Coco


Tuesday, July 11, 2017

Empadas e Empanadas de Carne

carne estufada do almoço lembrou-me o recheio das empadas caseiras que a minha mãe costumava fazer, eram fabulosas! Resolvi então tentar "paleolizar" a receita dela 😝
A massa ficou muito tenra e saborosa e o recheio maravilhoso!
São uma ideia gira, para levar para a praia, para um pic-nic ou lanche dos mais pequenos :)
Espero que gostem ❤


Ingredientes:

Massa:
60grs de banha de porco preto caseira ( caso usem lacticínios podem usar manteiga)
60 grs de polvilho azedo ( ou doce)
50 grs de farinha de amêndoa (ou linhaça ou coco)
40 grs de farinha teff (usei da Ox Nature (ou trigo sarraceno)
30 grs de fubá de mandioca ( ou aveia sem contaminação de glúten)
1 ovo
2 colheres de agua fria/ou "leite" frio de amêndoa ( poderá ter que juntar um pouco mais - ou menos)
1 colher de sopa de psyllium husk em pó ( opcional )
1/2 colher de café de fermento sem glúten
pitada de sal

Recheio:
300grs de carne estufada ( do Solar da Giesteira )
50grs de cogumelos picados
40 grs de puré de batata doce
4 colheres de sopa do caldo da carne estufada
pitada de noz moscada
Opcional: caso utilizem enchidos e fumados podem juntar um pouco de bacon e/ou chouriça picados
Crianças: aproveite para juntar vários legumes picados e enriquecer o recheio ;)




Preparação:

Misture bem as farinhas, o psyllium, o sal e o fermento. Junte a banha e amasse com os dedos ( ou num robot). De seguida junte o ovo e a àgua ate obter uma massa moldável, fácil de trabalhar.

Com a ajuda de um rolo de cozinha, estenda a massa e forre as formas com uma "folha" fina de massa. Ou caso sejam empanadas, faça círculos de massa para rechear em seguida.

O recheio:

Misture nem todos os ingredientes, o recheio deve ficar com uma consistência mais para o espessa e pouco ou nada aguada.

Recheie as empadas ou empanadas e feche.

Pincele com gema de ovo e leve ao forno cerca de 20 min a 180º ( tempo pode variar dependendo do tipo de forma utilizada e tamanho das empadas.



Carne Estufada - Cozedura Lenta




Sim, eu sou "um bocadinho" esquisita com a comida. especialmente com a que dou ao meu filho. Gosto e acho importante que o peixe e marisco sejam selvagens, que as frutas e legumes sejam preferencialmente biológicas ou de pequenos agricultores locais e da época, que os ovos sejam caseiros de galinhas  criadas ao ar livre e alimentadas maioritariamente com verduras, ou então compro no supermercado ovos biológicos ou de galinhas criadas ao ar livre; carne de produção extensiva, animais criados ao ar livre com uma alimentação o mais natural possivel. Ok, claro que isto nem sempre é possível, mas tento que assim o seja sempre que posso. Quando, no site do Solar da Giesteira, li isto: "Quando dizemos carne completamente natural, significa que está isenta de hormonas, antibióticos e conservantes, sendo por isso uma carne extraordinariamente saudável, nutritiva e da máxima confiança." os meus olhos até brilharam 😍

De facto a carne do Solar da Giesteira, para mim, é sem dúvida uma das melhores carnes do país (se não mesmo a melhor) tanto em termos de qualidade como de sabor! Para além disso, são super profissionais e atenciosos e isso  faz toda a diferença 😊

Ora, a maravilhosa carne do Solar,  merece ser confeccionada na slow cooker,  dessa forma, a cozedura a baixa temperatura vai realçar ainda mais o seu sabor e mais importante ainda: vai  manter a sua qualidade nutricional. 

Bom deixemo-nos de conversa e vamos então à receita propriamente dita :p






Ingredientes:

1kg de chambão ou agulha ( usei do Solar da Giesteira )
1 cebola grande
2 colheres de sopa de vinho tinto ou branco
1/2 tomate maduro pequeno
1 cenoura grande
5 dentes de alho 
1/2 folha de louro
2 colheres de sopa pimentão doce
1 colher de sopa (generosa) de banha de porco preto
1 cravinho
3 bolas de pimenta da Jamaica 
sal e pimenta a gosto 
Opcional: 2 colheres de sopa de vinho do porto




Preparação: 

Coloque a cebola em rodelas grossas, o tomate picado, os dentes de alho e a cenoura em palitos ou rodelas no fundo da panela. Por cima, meta a carne e todos os temperos.
Deixe cozinhar cerca de 12 horas ( caso esteja rija deixe mais tempo)
Retire a carne e com a varinha mágica triture o liquido, algumas cenoura e cebola ( se necessário leve um pouco ao lume para engrossar ainda mais)
Sirva a carne e regue com o molho.
Acompanhe com salada ou "Arroz" de couve-flor, ou esparguete de trigo sarraceno ou de courgette, por exemplo.



Monday, July 10, 2017

Muffins de Maçã e Canela

Hoje madruguei e resolvi presentear os meus dois amores com uns Muffins bem fofinhos de maçã e canela. Fi-los sem adição de açúcar, para o meu bebé também poder comer.
Confesso que nunca fui grande fã de "maçã e canela" sempre achei um pouco enjoativo, mas estes Muffins ficaram deliciosos.




Ingredientes:

3 ovos
2 tâmaras
1 maçã pequena em pedaços
1 colher de sopa de manteiga de amêndoa (usei da Nutural )
2 colheres de sopa de farinha de amêndoa
2 colheres de sopa de fubá de mandioca (ou uma de aveia sem contaminação de glúten)
1 colher de sopa de Teff (usei da Ox Nature ) (ou farinha de coco)
Canela a gosto
2 colheres de sopa de óleo de coco (usei da Origens Bio )
1/2 colher de chá de fermento sem glúten para bolos ou uma pitada de bicarbonato de sódio
Opcional: Nozes e/ou amêndoas picadas (usei nozes)





Preparação:

Coloque todos os ingredientes (menos as nozes/amêndoas picadas) numa liquidificadora e bata até obter uma mistura homogênea. Pode também utilizar a varinha mágica.
Junte-as nozes/amêndoas à massa e mexa bem.
Caso seja necessário, unte a forma de silicone com óleo de coco ou azeite. Verta a massa e leve a forno pré-aquecido a 180 graus cerca de 15min (tempo pode variar um pouco dependendo do tipo de material das formas e do tamanho dos Muffins)


Ver também: Muffins de Noz

Friday, July 7, 2017

Panqueca Rica de Banana e Amêndoa

Ultimamente estas têm sido as panquecas preferidas do meu bebé. Não têm adição de açúcares e o facto de usar manteiga de amêndoa com pedaços dá-lhe uma consistência muito boa, gosto de encontrar os pedacinhos de amêndoa quando as como e tenho a sensação que ele também 😝
Ah e também são um bom aliado para aquelas alturas do mês em que nos apetece algo doce mas rápido e não muito pecaminoso 😝





Ingredientes:
3 ovos
1 Banana pequena madura
1 colher de chá de óleo de coco
2 colheres de sopa (generosas 😝) de manteiga de amêndoa com pedaços - usei a da Nutural
1 colher de sopa de farina de amêndoa ou coco ou linhaça (usei metade amêndoa metade linhaça)
1 colher de café de fermento para bolos sem glúten ou uma pitada de bicarbonato de sódio
Canela a gosto

Preparação: 

Esmague bem a banana, junte os restantes ingredientes e mexa bem.
Coloque cerca de 2 a 3 colheres de sopa de massa, numa frigideira antiaderente já quente (caso seja necessário unte previamente com óleo de coco ou azeite.
Tape e deixe cozinhar, no mínimo, cerca de 2 minutos. Vire a panqueca e deixe mais 30 segundos




Wednesday, June 28, 2017

Bolo de Aniversário

Como tinha dito há umas semanas atrás, andava a reparar um bolo de aniversário especial. Sem glúten, sem lacticinios e sem adição de açucares.

O resultado foi este:

Ingredientes:

5 ovos
100mls de leite de coco ( usei da Origens Bio)
4 colheres de sopa de óleo de coco ( usei da Origens Bio)
2 colheres de sopa cheias de cacau em pó ( usei da Iswari - para 10% desconto em compras online usem o código: MPALEO)
1 banana pequena madura da madeira ( não fica com sabor muito forte a banana)
3 tâmaras (se desejar mais doce coloque mais tâmaras)
80grs de fubá de mandioca
60grs de farinha de amêndoa
20grs de polvilho doce
1 colher de chá de fermento em pó sem glúten ou 1 colher de café de bicarbonato de sódio


Preparação:

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e reserve.
Junte as gema com o leite de coco, o óleo de coco, as bananas e as tâmaras e com a varinha mágica triture tudo ate obter um líquido homogéneo e cremoso. Junte as farinhas e o fermento e bata bem até a massa fazer pequenas bolhinhas.
Envolva o preparado com as claras ( lentamente e sem as quebrar).
Coloque numa forma de silicone e leve ao forno a 180º (pré-aquecido) cerca de 35min ou até estar cozido ( pode variar conforme o forno e a forma)



e para o recheio e cobertura fiz o seguinte ( o bolo tem que arrefecer primeiro) :

Recheio: Creme de coco (caso consuma lacticínios troque por mascarpone) batido com tâmaras, amêndoas e nozes salteados em óleo de coco

Cobertura: um chocolate 99% da Vivani derretido com 4 colheres de sopa de leite de coco e 1 colher de sopa de óleo de coco


Panados com Amêndoa

Há uns dias resolvi fazer a minha receita de panados mas com um pequeno twist (para além da óbvia substituição de farinhas com glúten por outras sem) a lembrar a galinha panada com amêndoas que geralmente encontramos nos restaurantes chineses.
Ficam muito bons e não só são uma sugestão deliciosa como refeição, são também, por exemplo, uma opção gira para levar em viagem, piquenique, lanche dos mais pequenos ou snack na praia.
Podem fritar em óleo de coco ou fazer no forno ( neste ultimo caso convém ter atenção para não ficarem muito secos ). Aqui em casa optei pela segunda opção, pois achei mais saudável para o meu bebé. Gostou tanto que não só comeu os dele como ainda "roubou" um ou dois do prato da mãe :p



Ingredientes:

3 Bifes Finos de Perú ou Frango  ( preferencialmente do campo ou caseiros)
3 dentes de alho picados
sumo de 1/2 limão
cerca de 50 grs de farinha de mandioca
2 ovos
cerca de 100grs de amêndoa picada
sal, pimenta e pimentão doce a gosto

Preparação:

Corte os bifes em pedaços ( mais ou menos tamanho do polegar), tempere com o sumo de limão, alhos picados, sal, pimenta e pimentão doce. Deixe ficar a marinar no mínimo 3 horas.

Passe a carne pela farinha de mandioca, depois pelos ovos batidos (temperados com sal e pimenta) e por fim pela amêndoa picada.

Frite em óleo de coco ou leve ao forno.



Sugestão de acompanhamento: salada ou "arroz" de couve-flor

Ver também: Pataniscas de Bacalhau e Barrinhas de Peixe e Legumes


Tuesday, June 27, 2017

Panquecas de Alfarroba ( Iswari)

Este mês andei a experimentar a mais recente novidade da Iswari - As misturas Pequeno Buda.
Existem 3 sabores: Alfarroba, Banana-Maçã e Mirtilio Mágico ( podem ver mais informação aqui).



Ok, na embalagem diz a partir dos 3 anos, mas olhando para os ingredientes não vejo qualquer entrave em dar ao meu filho (22 meses), apenas deixei o de Mirtilio para o papá e a mamã porque contém açúcar de coco e para já ( e enquanto me for possível) quero evitar que consuma açucares para além dos naturalmente presentes nos alimentos.
Não só não vejo mal, como acho que são óptimos e metem qualquer "papinha" ou "caixinha de cereais" de supermercado a um canto.

Já experimentamos só com leite (de coco ou amêndoa - para o mais pequenino até com leite materno) e com frutas, sementes e frutos secos. São deliciosos. O meu bebé parece gostar especialmente do de banana-maçã com morangos picados.
O bom disto é que quando sobra (e eu resisto a não comer :p ) posso facilmente transformar a papa numas deliciosas panquecas, crepes ou muffins (basta adicionar um ovo e pouco mais) :D



Há dias utilizei a mistura de Alfarroba para fazer panquecas para o lanche do baby, ficaram super fofinhas e muito saborosas. Deixo aqui a receita para quem pediu na página e nos grupos onde partilhei :)

Panquecas de Alfarroba (Pequeno Buda - Iswari)

Ingredientes:
2 ovos médios
4 colheres de sopa de Pequeno Buda de Alfarroba ( ou podem substituir 2 destas 4 colheres por Pequeno Buda de banana-maçã)
1 colher de sopa de óleo de coco ou azeite ( só porque a alfarroba tende a ser uma farinha um pouco seca)
1 pitada de bicarbonato de sódio (ou fermento para bolos sem glúten)

Preparação:

Bater todos os ingredientes (usei a varinha mágica até obter uma mistura homogênea) .
Coloque cerca de 2 a 3 colheres de sopa de massa, numa frigideira antiaderente já quente (caso seja necessário unte previamente com óleo de coco ou azeite.
Tape e deixe cozinhar, no mínimo, cerca de 2 minutos. Vire a panqueca e deixe mais 30 segundos.

Delíciosas! Nem o sapinho resistiu :p

Código de 10% desconto em compras no site da iswari: MPALEO



Thursday, June 22, 2017

Muffins de Manga

Ando um booooocadinho farta de fazer de "come restos" do meu filho lol a brincar a brincar acabo sempre por comer muito mais do que queria e ainda por cima a comida dele não é propriamente lowcarb lol muitas vezes até é bem high. Hoje resolveu que não queria comer manga (eu acho que ele não é mm fã de coisas muito doces) e trocou-a pelos meus morangos 😂
Mas a mãe em vez de comer a manga, aproveitou que estava a fazer Coxas de Frango Com Tomilho e Limão no forno e resolveu transformar a manga nuns fofos e deliciosos muffins para o lanche do baby :)






Ingredientes:

3 ovos
80grs de manga madura
2 tâmaras (arrependi-me de as ter colocado, provei um e achei muito doce mas vai depender do gosto de cada um e de o quão doce a manga é ou não)
30grs  de farinha de amêndoa ou coco ralado
1 colher de chá de óleo de coco ou azeite
1 colher de café de bicarbonato de sódio ou fermento sem glúten

Opcional: pedacinhos de manga e/ou amêndoa picada para juntar à massa


Preparação:

Junte todos os ingredientes e triture tudo com a varinha mágica.

Coloque os pedaços de manga e de amêndoa em forminhas de Muffins e despeje a massa, leve ao forno pré-aquecido a 180o cerca de 15min (tempo pode variar dependendo do tamanho das formas).

Também ficam muito bons com cobertura de chocolate.

Ver também: Muffins de Alfarroba ou Cacau e Bolo de Laranja ou Muffins de Laranja

Wednesday, June 21, 2017

Pão de Linhaça e Sementes de Girassol

Inspirada no Pão Maravilha - Versão Optimizada e no Pão Fofo Low Carb fiz um novo pãozinho, com menos hidratos e mais rico em fibra. O sabor é óptimo, tanto que o baby devorou logo 2 fatias :p

Alerto desde já para a possibilidade de terem que ajustar a quantidade de algum dos ingredientes, uso ovos caseiros, a farinha de coco também é caseira, e sei que de marca para marca pode mudar a capacidade de absorção e oleosidade das farinhas.



Ingredientes:

3 ovos grandes
100grs de sementes de girassol moídas/farinha (até com a varinha mágica dá)
80grs de farinha de coco (mas o resultado final N sabe a coco)
80grs de linhaça dourada moída
40grs de polvilho doce (versão low carb use amêndoa)
4 colheres de sopa rasas de psyllium husk em pó
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de chá de vinagre de sidra
200ml de água morna
1 colher de chá bem cheia de fermento sem glúten
Sal


Preparação:

Misture bem os ingredientes secos. Coloque num copo alto todos os ingredientes líquidos e o sal, triture com a varinha mágica até ficar um líquido homogéneo e ligeiramente espumoso.
Adicione o líquido às farinhas, vá mexendo até obter uma massa solta e moldavel (caso seja necessário junte mais um pouco de água ou azeite.
Molde em forma de pão (ou bolinhas) decore com sementes, caso goste.
Coloque num tapete de silicone sobre a grelha e leve a cozer cerca de 40min a 180graus (pre aquecido)



Ver também: Pão Fofo Low Carb e Pão Maravilha

Tuesday, June 13, 2017

Choco à Setubalense - Paleo

Um dos meus petiscos preferidos de seeeempre são tiras de choco à setubalense. Para ajudar o restaurante onde a minha família vai com maior regularidade tem sempre esta iguaria de entrada 😭 e eu torço-me toda enquanto os vejo a comerem-nas deliciados 😭
A receita original tem tudo para fugir: milho, trigo, oleo vegetal 👌😡 Mas hoje "tirei a barriga de misérias" 😂😝 ficam muito saborosos e crocantes! Uma delícia que (modéstia à parte lol 😝) em nada fica a dever aos originais :D






Ingredientes:

300grs de choco limpo
Sumo de meio limão
1 colher de chá de pimentão doce
1 colher de chá de alho em pó
50 grs de farinha de mandioca
30grs de fubá de mandioca
sal dos himalaias ou marinho
pimenta em pó
Oleo de coco ou azeite



Preparação:

Cozer o choco ( eu pessoalmente nem cozo, mas caso não goste muito rijo recomendo que o coza).

Cortar em tiras e marinar durante pelo menos 3 horas, em sumo de limão, pimentão doce, pimenta branca e alho em pó.

Misturar o fubá com a farinha de mandioca adicionar um pouco de alho em pó, sal e pimenta.

Com o choco ainda humido da marinada, passe pela mistura de farinha e frite em óleo de coco.

Outra opção será passar por azeite, depois pela farinha e levar ao forno (180º) cerca de 15/20 min
(virar ao fim dos primeiros 10min)



Quiche de Salmão e Pimentos

Hoje para o almoço lembrei-me a fazer quiche. Ofereceram-me uns pimentos biológicos lindos e resolvi fazer uma quiche inspirada nos sabores de uma outra receita que adoro: Salmão com Molho Caribeno.
A ideia inicial era fazer uma base igual à que fiz na Quiche de Camarão e Alho-Francês mas quando fui buscar a mandioca ao cesto descobri que entretanto se tinha estragado :( Já tinha metido na cabeça que hoje era "dia de quiche" lol e acabei por criar uma base nova. É um pouco rica em hidratos de carbono, por isso sugiro que caso estejam em dieta para perda de peso, não "abusem" ou façam só a quiche sem base, ou comam apenas o recheio :)
Fica igualmente bom se trocarem o salmão por atum.
O pequenino também comeu e gostou, pimentos são novidade para ele, este mês comeu-os pela primeira vez e para ser sincera achei que ia cuspir tudo, mas não, parece gostar do sabor :D



Ingredientes:

Base:
100ml de água
1 ovo grande
5 colheres de sopa de azeite
6 colheres de sopa de farinha de mandioca
5 colheres de sopa de farinha de amêndoa
5 colheres de sopa de fuba de mandioca (ou mais farinha de mandioca)
2 colheres de sopa de polvilho doce
1 colher de sopa de psyllium husk em pó
Sal marinho a gosto

Recheio:
6 ovos
1/2 cebola média picada
1 lombo ou posta grande de salmão (preferencialmente selvagem)
8 colheres de sopa de leite de coco (usei da marca Bio Origens)
1/3 de pimento verde médio picado
1/3 de pimento vermelho médio picado
1/2 tomate médio picado (escorrer o excesso de água antes de usar)
1 dente de alho picado
3 colheres de sopa de coentros picados
1 colher de sopa (rasa) de curcuma em pó ou caril
1/2 colher de chá de fermento sem glúten
sumo de limão ou lima (cerca de 1 colher de chá)
sal e pimenta a gosto
oregãos


opcional:
pode juntar bacon e/ou miolo de camarão
picante




Preparação:

Base:
Misture bem os ingredientes líquidos e o sal, junte as farinhas (caso seja necessário adicione um pouco mais, quantidades podem variar devido ao tamanho do ovo e capacidade de absorção de cada uma das farinhas). Amasse bem obter uma massa tenra e fácil de moldar. Utilize o fubá para trabalhar a massa, tal como utilizaria a farinha de trigo.
Estenda a massa com a ajuda de um rolo de cozinha e do fubá e forre a tarteira com ela.
Faça pequenos furos na massa, com a ajuda de um garfo e leve ao forno a 180o cerca de 15min.

Recheio:
Saltear o salmão e desfazê-lo em pequenas lascas. Numa taça, envolva todos os ingredientes e no final junte os ovos bem batidos.
Coloque o preparado sobre a base , polvilhe com os oregãos e leve ao forno cerca de 35min a 180o (ou até estar cozinhado, pode variar um pouco)




Ver também: Quiche de Camarão e Alho-Francês e Salmão com Molho Caribeno

Tuesday, June 6, 2017

Salada de Ovas à Mamã Paleo

O calor chegou e com ele a vontade de fugir da comida de tacho e comer coisas mais leves e frescas. Cá em casa gostamos muito de saladas, atum, bacalhau, frango, ovas, polvo... o leque é vasto e todas elas são óptimas.
Hoje resolvi fazer salada de ovas mas fugi um pouco dos ingredientes tradicionais batatinha, cenoura, pimentos e tentei torná-la ainda mais interessante do ponto de vista nutricional.
Espero que gostem tanto quanto o meu pequenino, a cada garfada que dava dizia: "humm nham nham" 😂❤




Ingredientes: 

400grs de ovas de bacalhau (ou de outro peixe)
4 ovos cozidos
1 abacate maduro
1 tomate médio ou o equivale em tomates cherry
1/2 cebola média (branca ou roxa)
1 dente de alho
salsa e coentros picados (a gosto)
vinagre de sidra ou sumo de lima
azeite extra virgem
sal e pimenta q.b
(Opcional: um pouco de picante)


Preparação:

Coza as ovas, retire a pele e corte em rodelas grossas.
Corte o tomate e o abacate em cubos não muito grandes, pique a cebola grosseiramente. Corte os ovos em rodelas e pique muito bem o alho.
Disponha aleatoriamente todos os ingredientes numa travessa, polvilhe com a salsa e os coentros e tempere com o sal, pimenta, azeite e lima/vinagre. Envolva tudo e sirva ao natural ou fresca.

Monday, June 5, 2017

Pão de Hamburguer

Ontem foi noite de hamburguers cá em casa. Já andava novamente com saudades de um hamburguer "à séria, pensei fazer o Pão de Hamburguer Low Carb mas não tinha os ingredientes todos à mão e acabei por fazer uma versão semelhante, também muito fofinhos e leves. 
Fiz um pãozinho mini para o baby, e quando montei os nossos hamburguers preparei também o dele com os mesmo ingredientes que os nossos (molho de abacate, hamburguers biologicos, cebola roxa e tomates cortados bemmmmm fininhos na mandolina da Borner, rúcula, agrião e alface carvalho)... fiquei na dúvida se ele iria gostar, mas provou e...aprovou! "nham, nham! humm humm" :D 
Ah e como "refrigerante" um belo kefir de àgua com maçã e gengibre bem fresquinho (o baby bebe àgua) :)






Ingredientes:

3 ovos
200ml de água morna
60 grs de farinha de amêndoa 
40 grs de linhaça
40 grs de teff 
20 grs de psyllium husk em PÓ
5 colheres de sopa de azeite extra virgem
1/2 colher de chá de vinagre
1 colher de chá de fermento sem glúten
1 colher de chá de alho em pó
Pitada de sal
Sementes de sesamo para decorar



                                     

Preparação: 

Misture bem todos os ingredientes líquidos com a varinha mágica.
Misture bem todos os ingredientes secos e adicione à mistura líquida. Mexa muito bem, caso fique muito liquido junte um pouco mais de farinha.

"Regue" a massa com um fio de azeite para ser mais fácil de moldar. Faça pequenas bolinhas (ficam com aspecto tosco, mas depois "insuflam" à medida que cozinham no forno) e decore com sementes a gosto.

Leve a forno pré-aquecido a 180o durante cerca de 45min (pode variar conforme o tamanho das bolinhas)





Ver também: Pão de Hamburguer Low Carb


Bolo de Cacau (sem adição de açucares)

Uma amiga pediu-me uma receita de bolo de chocolate, para o aniversário do filhote que vai fazer 2 anos este mês.
Saiu um bolo sem adição de açucares, muito fofinho, leve e delicioso ( até a minha mãe que detesta chocolate comeu e repetiu :D )
Para o bolo de aniversário, vou sugerir um recheio de creme de coco batido com leite condensado amêndoas torradas picadas e cobertura de creme de coco e morangos.



Ingredientes:

5 ovos
100mls de leite de coco ( usei da Origens Bio)
4 colheres de sopa de óleo de coco ( usei da Origens Bio)
2 colheres de sopa cheias de cacau em pó ( usei da Iswari para 10% desconto em compras online usem o código: MPALEO)
1 banana pequena madura da madeira ( não fica com sabor muito forte a banana)
3 tâmaras (se desejar mais doce coloque mais tâmaras)
80grs de fubá de mandioca
60grs de farinha de amêndoa
20grs de polvilho doce
1 colher de chá de fermento em pó sem glúten ou 1 colher de café de bicarbonato de sódio


Preparação:

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e reserve.
Junte as gema com o leite de coco, o óleo de coco, as bananas e as tâmaras e com a varinha mágica triture tudo ate obter um líquido homogéneo e cremoso. Junte as farinhas e o fermento e bata bem até a massa fazer pequenas bolhinhas.
Envolva o preparado com as claras ( lentamente e sem as quebrar).
Coloque numa forma de silicone e leve ao forno a 180º (pré-aquecido) cerca de 35min ou até estar cozido ( pode variar conforme o forno e a forma)


Wednesday, May 31, 2017

Falsas Migas de Couve - LowCarb

Resolvi fazer uma versão mais low carb das minhas Falsas Migas de Couve. Ficaram deliciosas 👌





Ingredientes:
8 folhas de couve galega/portuguesa/acelgas (usei acelgas e couve portuguesa)
2 dentes de alho picados
3 colheres de sopa de azeite
3 ovos 
2 colheres de sopa de coentros picados
2 colheres de sopa de farinha de amêndoa
Sal e pimenta a gosto


Preparação:

Corte as folhas de couve em juliana fina. Numa frigideira coloque o azeite, os alhos e a couve e leve ao lume uns 5 minutos.
Bata os ovos, junte o sal, a pimenta e a amêndoa. Junte os ovos e os coentros à couve, mexa e envolva bem até estar no ponto.


Ver tambem: Falsas Migas de Couve  e Migas de Bacalhau com Acelgas e Couve




Tuesday, May 30, 2017

Profiteroles

Como já contei, no post anterior, este mês aceitei o desafio "Blogger Paleo" que a Marcia Patrício do blogue Os Temperos da Argas lançou. O Desafio consistia em criarmos uma receita, com base em 3 ingredientes escolhidos pelos membros do grupo Paleo Descomplicado.
Os 3 ingredientes foram: ovos, chocolate e leite condensado.
Pensei numa tarte fria, em bolachas, até que resolvi fazer Profiteroles Paleo. Tomei como base a receita habitual de profiteroles (por acaso usava a de uma margarina culinária muito conhecida que tem uns livros de receitas muito giros... pena ser margarina lol) e joguei mãos à obra... Consegui fugir quase por completo à adição de açúcares, as farinhas é que foi mais complicado com os HC mas pronto, fiz poucos e distribui por várias pessoas antes que a tentação falasse mais alto lol 😝




Ingredientes:

Massa:
1 ovo
5 colheres de sopa de leite de coco ou amêndoa
2 colheres de sopa de óleo de coco
2 colheres de sopa de azeite (podem meter só azeite ou só coco, eu dividi p não acentuar muito nenhum dos sabores)
Raspa de vagem de baunilha (opcional
Pitada de sal
6 colheres de sopa de fubá de mandioca
4 colheres de sopa de polvilho doce
Pitada de fermento sem glúten ou bicarbonato de sódio
(Não meti açúcar, o recheio e o molho de chocolate já são doces, mas caso deseje pode adicionar um pouco de açúcar de coco ou mel)

Recheio:
8 colheres de sopa de creme de coco (a parte mais espessa do leite de coco na lata - usei o Origens Bio)
3 colheres de sopa de leite condensado

Cobertura:
2 quadrados de chocolate 92% da Vivani (pode meter um chocolate com maior ou menos percentagem)
1 colher de sopa de leite de coco Origens Bio
1 colher de chá de café forte (líquido) - opcional



Preparação:

Massa:
Numa panela coloque o leite, o azeite e o óleo de coco, misture bem. Leve ao lume (no mínimo) e quando estiver quente junte as farinhas, o sal e a raspa de baunilha, mexa muito bem a massa na própria panela até esta descolar ( pode usar uma vara de arames automática). Retire do lume, deixe arrefecer 3/4 minutos junte o ovo e a pitada de fermento batendo sempre com a vara até obter uma massa uniforme.
Colque a massa num saco de pasteleiro ( caso não tenha um, use um saco de congelação - plástico resistente - corte uma das pontas coloque a massa no saco e aperte como faria com um saco de pasteleiro), disponha pequenos montinhos num tabuleiro, a massa irá dobrar o tamanho, por isso não faça montinhos muito grandes e certifique-se que ficam espaçados entre si.
Leve o tabuleiro ao forno ( pré-aquecido a 180º) cerca de 20min ou ate estarem cozidos ( depende um pouco do tamanho)
Retire do forno e deixe arrefecer.


Recheio:
Coloque previamente a lata de leite de coco no frio ( pelo menos umas 2 horas antes de utilizar).
Com uma vara de arames bata o creme de coco e lentamente adicione o leite condensado. Irá obter um recheio cremoso e consistente. Coloque o recheio num saco de pasteleiro e leve ao frio durante 15min.
Faça pequenas aberturas nos profiteroles e com o saco de pasteleiro coloque o recheio no interior dos profiteroles.
Leve ao frio até ser altura de servir.


Molho:
Coloque os ingredientes numa panela antiaderente e leve ao lume no mínimo (ou faça em banho maria) até obter um "creme" de chocolate homogéneo.
Verta por cima dos profiteroles e sirva de imediato.







Leite Condensado

Ha dias aceitei o desafio "Blogger Paleo" que a Marcia Patricio do blogue Os Temperos da Argas lançou. O Desafio consiste em criarmos uma receita, com base em 3 ingredientes escolhidos pelos membros do grupo Paleo Descomplicado. Ora quis a sorte, ou o azar lolol, que um desses ingredientes fosse leite condensado..., leite condensado?!?! O que?!?! Confesso que fiquei de pé atras... achei que seria uma bomba de açúcar e apesar de volta e meia fazer doces, tenho vindo, ao longo do tempo, a tentar "minimizar" os estragos, arranjando alternativas para a adição de açúcares a essas receitas e tentando utilizar farinhas com valor mais baixo em HC's...
Ainda protestei que leite condensado não é um ingrediente mas sim vários 😝 Mas acabei por concordar e até achar giro encontrar uma forma de o tornar "menos mau".
Para o Desafio resolvi fazer Profiteroles Paleo 😂 Consegui fugir quase por completo à adição de açúcares, as farinhas é que foi mais complicado mas pronto, fiz poucos e distribui por várias pessoas antes que a tentação falasse mais alto lol
Ah mais voltando ao leite condensado: fiz uma versão bem simples e não tão doce como seria de esperar, mas ainda assim muito saborosa. Confesso que fiquei surpreendida com o sabor :)
Ah fiz tão pouca quantidade que nem me lembrei a fotografar, só conseguiu tirar prints do vídeo que fiz enquanto preparava o leite condensado.




Ingredientes:

7 colheres de sopa de creme de coco (parte mais espessa do leite de coco na lata- usei o Bio Origens)
1 colher de chá de araruta ou polvilho doce
1 colher de chá de farinha de coco
1 colher de sopa bem cheia de pasta de tâmaras ( fiz com 2 tâmaras e meia sem pele) - se desejar algo mais doce e pecaminoso 😝 troque por mel ou açúcar de coco

Preparação:

Misture bem todos os ingredientes, leve ao lume (no mínimo) e vá mexendo até obter a consistência desejada.
Conserve no frio.


Tuesday, May 23, 2017

Pão Fofo Low Carb


Antes da Paleo, eu adooooorava pão, comia pão com tudo, até com pão 😂😳
 No início, as panquecas ao p.a ajudaram-me a esquecer um pouco o pão e gradualmente o "vicio" foi-se. Contudo este fim de semana, não sei se por culpa desse vilão que dá por nome de TPM lol apeteceu-me. Resolvi fazer algo mais para o LowCarb... a culpa assim é  menor 😂 A ideia inicial era fazer, fatiar, congelar e comer muito ocasionalmente... mas o baby trocou-me as voltas, gostou muito do pãozinho e tem comido ele. Tem uma textura muito fofa e sabor bastante agradável. Torrado também fica muito bom :) Espero que também gostem.



3 ovos grandes
100grs de sementes de girassol
100grs de farinha de amêndoa
50grs de farinha de coco
50grs de linhaça moída
20grs de sementes de sésamo
150ml de água
7grs de levedura em pó
1 colher de chá de vinagre de sidra
1 colher de sopa de azeite
(Opcional: 1 colher de chá de alho em pó)

Preparação:
Moer as sementes de girassol e sesamo, juntar as restantes farinhas, sal e fermento e misturar bem.
Bater os líquidos e juntar às farinhas.(poderá ter que adicionar um pouco mais de água, dependendo do tamanho dos ovos e das farinhas)
Deixar a massa repousar cerca de 40 (tape o recipiente).
Coloque numa forma forrada com papel vegetal e leve s forno pré-aquecido a 180o durante 40min.


Friday, May 19, 2017

Carne à bolonhesa





Ingredientes:
400grs de carne de vaca picada
4 tomates médios bem maduros pelados e sem grainhas
1 cebola media picada
1 dente de alho picados
6 colheres de azeite
2 colheres de sopa cheias de salsa fresca picada
1/2 colher de chá de açucar de coco (para cortar a acidez do tomate caso seja necessário)
sal marinho e pimenta preta q.b



Preparação:
Refogue ligueiramente a cebola e os alhos com o azeite e adicione os tomates, a salsa, a cenoura e os temperos. Deixe cozinhar, com o lume no mínimo cerca de 15/20 minuto. Triture tudo com a varinha mágica. Adicione a carne previamente temperada com sal, pimenta e alho em pó.
Deixe cozinhar e sirva com esparguete de trigo sarraceno ou "esparguete" de courgette ou em tacos :)

Popular Posts